O Martir

25/01/2018 10:54

                   

O MARTIR

 

         Em uma manhã chuvosa os jornais anunciaram que o ministro relator da Operação Lava Jato, aquela que combatia fortemente a corrupção, havia morrido em um acidente suspeito de aviação.

         Pessoas indignadas, pelo país inteiro, inclusive nos meios de comunicação, davam palpites e opiniões!

         O que se sabia é que os rumos da maior operação contra corrupção eram incertos.

         Todos teciam conclusões, discutiam e um burburinho de opiniões aflorava por tudo.

         O silêncio do ministro por morte acendera o brado de consciência dentro de cada um!

         As coisas começavam a tomar rumo imprevisível.

         Na hora pensei, eles não imaginavam o poder de um morto, pois um mártir fala muito mais alto do que dez homens vivos.

E as consequências nefastas e inexplicáveis deste desastre de aviação, e nas condições que o foram, pois estava julgando a maior delação, no maior processo de corrupção da história eram impensáveis.

         Pus-me a pensar, e não cheguei à conclusão alguma, apenas escrevi em uma folha de papel: “A lava jato ganhou um mártir, pobre corrupção!”.   

 

 

Contato

Escritor Tito Laraya

São Paulo - SP - Brasil

Apoio

Livros do autor

 

png optimizer
 

 

 

 

Clique na imagem abaixo e acesse Gratuitamente matéria exclusiva com o escritor Tito Laraya

 

 

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!