O Valor do Anonimato

26/09/2017 10:35

O VALOR DO ANONIMATO

 

                   A advocacia, como profissão, guarda exemplos de humanidade que a dignificam em sua conduta.

                   No princípio do século XX, um advogado rico, jovem, se viu, da noite para o dia órfão e viúvo. O seu pai, um medico de quem levava o nome, e de que tanto se orgulhava, pois já naqueles áureos tempos, quando a medicina social não era muito difundida, cuidava dos ricos cobrando, e dos pobres gratuitamente.

                   Muitas vezes sensibilizado com a penúria do paciente deixava o dinheiro da medicação com a família.

                   Seu filho, advogado, sempre foi um homem bem sucedido, e havia amealhado uma pequena fortuna, no correr de sua vida.

                   Quando se viu só, continuou morando com a mãe, de onde nunca havia saído, e arrumou um emprego de advogado da Caixa Econômica Federal, instituição pública de crédito, para ocupar seu tempo, sua vida e não ficar pensando na tragédia que o abatera.

                   Não era bem quisto no local de trabalho, afinal, o que um rico que não precisava do dinheiro fazia ali, roubando o lugar de quem precisava?

                   Até que pouco tempo depois morreu, e descobriu-se que todo o seu salário ia para a caixa dos funcionários pobres daquela instituição.

                   Durante todo tempo que lá trabalhou sempre foi alegre, e sua alegria e suas piadas contagiavam a todos, enfim um homem de bem com a vida, poucos sabia da dor que trazia no coração, pois em menos de um mês havia perdido o pai que se espelhava tanto e a esposa.

                   Até hoje é motivo de estórias polêmicas familiares, a vida dos dois, pai e filho, ambos tinham o mesmo nome.

                   Quando nasci, foi este o nome que meus pais me deram. Minha bisavó, de quem amava muito, e mãe de um e viúva de outro, acompanhou a minha infância e adolescência, contando-me histórias de meus antepassados.

                   Hoje, sou escritor, assino os meus livros comeu apelido, que é meu nome de família, aquele que só as pessoas que gostam de mim sabem.

                   E, não foi sem espanto ao ver que este apelido era mais popular do que o nome honroso que levo.

                   Sou advogado e músico, como os laraya, é há gerações, e é contando estórias, que guardo na razão, de valores que trago no coração, que tenho o nome que tenho então! 

 

 

 

Contato

Escritor Tito Laraya

São Paulo - SP - Brasil

Apoio

Livros do autor

 

png optimizer
 

 

 

 

Clique na imagem abaixo e acesse Gratuitamente matéria exclusiva com o escritor Tito Laraya

 

 

 

 

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!