o adoecer do dia - Artigo 8 - Divulga Escritor Revista Literária da lusofonia

02/11/2014 13:06

 

 

A VIDA EM PARTES

 

             O adoecer do dia é o princípio da noite que vem, e céu tinge-se de cores que não são suas, que só vemos no nascer dele, e toda a força da explosão do ser vivencia-se no amanhecer e no entardecer!

                A beleza do momento não nos leva a tristeza do que já foi, mas a um encantamento e uma reflexão do que será! A noite brota então!

                A noite que para mim é hora de descanso e inspiração, para muitos, momento de encantamento, onde a vida não deixa de existir, mas muda de forma.

                E ela se prepara para um dia que virá então! E desta forma vivemos, entre dias e noites, entre trabalho, suor e inspiração, entre lógica e criatividade, entre o ser e o não ser, como um dia se falou então.

                Nossa vida assiste ao contar das horas que nos parece imutável, apesar de algumas nos serem mais curtas que outras, mas isto é matéria de outra divagação.

                Muitas vezes me pergunto: Até que ponto a certeza do nascer e do morrer, nos parece com a beleza do amanhecer e do entardecer?

 

 

Contato

Escritor Tito Laraya

São Paulo - SP - Brasil

Apoio

Livros do autor

 

png optimizer
 

 

 

 

Clique na imagem abaixo e acesse Gratuitamente matéria exclusiva com o escritor Tito Laraya

 

 

 

 

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!